O que é Secure Email Gateway (SEG)?

Atualizado em: 29 Jun, 2020
Por Gatefy

E-mail para mostrar um Secure Email Gateway.

Secure Email Gateway (SEG) é uma solução que melhora a proteção de e-mails recebidos e enviados. É um produto muito utilizado por empresas e governos para bloquear ameaças cibernéticas, como spam, phishing, BEC (Business Email Compromise), trojan, ransomware e outros tipos de malware.

O objetivo de um SEG, então, é filtrar e analisar mensagens para detectar e combater e-mails indesejados e perigosos, que possam vir a causar algum dano à empresa, como um vazamento de dados, por exemplo. 

Neste artigo você vai ler mais sobre os seguintes pontos-chaves:

  • Implantação de Secure Email Gateway.
  • Integração com Office 365, G Suite, Zimbra e outros.
  • Como funciona Secure Email Gateway.
  • Características e recursos dos Secure Email Gateways.
  • Por que proteger a sua empresa com gateway de segurança e-mail.

Implantação de SEG e integração com Office 365, G Suite, Zimbra e outros

Secure Email Gateways podem ser implantados como um serviço na nuvem ou como um dispositivo local (appliance físico ou virtual). Diversos relatórios apontam que a grande maioria das empresas tem adotado a versão em nuvem do SEG, devido à praticidade e agilidade.

A propósito, de acordo com o Gartner, 70% das empresas públicas e privadas devem provavelmente usar serviços de e-mail na nuvem até 2021. A principal escolha dessas empresas tem sido entre os serviços do Office 365 e do G Suite. De fato, existe um duopólio entre a Microsoft e o Google.

O Gartner e o Radicati Group também afirmam que muitas empresas têm reclamado dos recursos básicos de segurança disponíveis no Office 365 e no G Suite, optando por complementar esses produtos com soluções de terceiros.

Peguemos a Gatefy, por exemplo. O nosso SEG é compatível com diferentes provedores de e-mail, como, por exemplo, Office 365, G Suite e Zimbra, oferecendo uma alternativa e um ótimo custo-benefício para empresas e organizações.

Como funciona Secure Email Gateway

Explicando de maneira um pouco mais técnica, os Secure Email Gateways funcionam como firewalls de e-mail. Ou seja, eles redirecionam e-mails de entrada e saída para que as mensagens sejam verificadas e interpretadas.

A análise leva em consideração diferentes aspectos do e-mail.

A partir disso, o SEG determina se o e-mail é seguro ou se deve ser bloqueado ou enviado para a quarentena porque apresenta sinais de spam, phishing, malware ou qualquer outro tipo de ameaça.

Se a mensagem for identificada e marcada como uma ameaça, ela é bloqueada e cabe ao administrador da solução ou da rede tomar uma ação. É claro que, neste cenário, o e-mail não é entregue ao destinatário.

Por outro lado, se a mensagem é marcada como segura, ela é então entregue para o provedor de e-mail que depois vai disponibilizar a mensagem na caixa de entrada do destinatário.

Como você pode ver, os gateways de segurança de e-mail trabalham com um sistema de rótulos ou etiquetas. Eles marcam as mensagens. Isto permite ao administrador do produto ter controle sobre a rede de e-mails, identificando mensagens maliciosas e remetentes perigosos.

Como as empresas que usam uma solução de Secure Email Gateway possuem as suas próprias demandas, o administrador da solução pode também customizar o produto, criando filtros e regras que atendam a políticas internas da empresa e a regulamentações e leis locais.

Portanto, o SEG é uma solução que também ajuda empresas a estarem em conformidade com leis e regras, ou compliance.

Características e recursos dos Secure Email Gateways

Os gateways de segurança de e-mail possuem diferentes recursos ou camadas de proteção. No mínimo, os melhores Secure Email Gateways do mercado oferecem 7 importantes recursos.

1. Detecção baseada em inteligência artificial e machine learning

As melhores soluções de Secure Email Gateway do mercado precisam utilizar inteligência artificial e machine learning, compreendendo a forma como a empresa se comunica para combater ameaças e proteger funcionários e dados.

2. Detecção de ransomware, trojan e outros malwares

O e-mail é a principal porta de entrada de ameaças. De acordo com a Verizon, 94% dos incidentes de malware envolvem e-mails. Ou seja, para que a empresa esteja segura, o gateway de segurança de e-mail precisa combater malware de forma efetiva.

3. Proteção contra phishing e engenharia social

Phishing e engenharia social são listados como uma das principais ameaças para empresas e organizações. Segundo o FBI, o phishing foi o crime cibernético mais cometido em 2019, com mais de 100.000 casos reportados. As melhores soluções de SEG precisam oferecer proteção contra phishing e engenharia social.

4. Filtragem de spam

A filtragem de spam é uma das principais tarefas de um SEG. É por isso que o Secure Email Gateway precisa lidar bem com mensagens indesejadas, ou spam. Inclusive, o excesso de spam está diretamente ligado à falta de produtividade e foco dos funcionários dentro da empresa.

5. Criação de políticas e regras customizáveis de e-mail

Uma das principais características de um SEG é permitir que os administradores da solução criem as suas próprias políticas e regras de e-mail. É possível, por exemplo, bloquear remetentes específicos ou IPs, e bloquear mensagens que contenham determinadas palavras-chaves.

6. Suporte para DMARC, DKIM e SPF

DMARC, DKIM e SPF são protocolos de autenticação que ajudam a combater ameaças, como spoofing e phishing. Um Secure Email Gateway precisa oferecer suporte para protocolos deste tipo.

7. Detecção de DDoS e DHA

Os ataques de DDoS podem ser usados para derrubar o sistema de e-mail de uma empresa. Já os ataques de DHA são utilizados para coletar endereços de e-mail legítimos que depois serão usados em campanhas de spam e ataques de phishing. As melhores soluções de SEG precisam interromper esses dois tipos de ameaças.

Além destes recursos, um Secure Email Gateway pode oferecer soluções complementares, tais quais: sandbox, CDR (Content Disarm and Reconstruction), criptografia de e-mail, DLP, continuidade e arquivamento de e-mail.

Por que proteger a sua empresa com gateway de segurança e-mail

Segundo a Statista, o e-mail é usado hoje por 3,8 bilhões de pessoas. Isto quer dizer que milhões de empresas em todo o mundo estão usando o e-mail para compartilhar informações importantes, fechar negócios e organizar as suas rotinas, dentre outras atividades.

Infelizmente, esse é um dos principais motivos pelos quais o e-mail é a plataforma mais usada pelos cibercriminosos para espalhar ataques e ameaças.

Para ilustrar, de acordo com o FBI, fraudes na internet provocaram prejuízos de USD 3,5 bilhões em 2019. Deste total, USD 1,7 bilhão corresponde somente a ataques de BEC (Business Email Compromise), também conhecido como Fraude do CEO.

É por isso que os Secure Email Gateways devem ser vistos como uma ferramenta essencial e crítica de segurança cibernética.

No passado, o Secure Email Gateway era uma solução usada quase que exclusivamente por grandes empresas, principalmente, por causa do seu alto custo e complexidade de implantação. Mas hoje a situação é bem diferente.

Com a evolução das tecnologias, o custo barateou e a implantação ficou mais fácil, permitindo que organizações de todos os tamanhos mantenham as suas redes de e-mail protegidas, independentemente de terem poucos ou milhares de funcionários usando o e-mail da empresa.

Como dissemos, o e-mail é o principal canal usado pelos criminosos para roubar dados e cometer fraudes.

Saiba mais sobre Secure Email Gateways

Se você estiver interessado em saber mais sobre Secure Email Gateways e outras soluções de e-mail, entre em contato com a Gatefy. Podemos conversar sobre o assunto e responder a todas as suas perguntas.

Se desejar ainda, você pode solicitar uma POC (prova de conceito) ou demonstração através deste formulário aqui ou obter mais informações, conversando com o nosso time de especialistas em cibersegurança e proteção de e-mail para empresas.

Retornar ao Blog