O que é malware?

Atualizado em: 01 Oct, 2019
Por Gatefy

O que é malware

Malware significa software malicioso. Sendo simples e direto, é algo que foi projetado para prejudicar você, a sua empresa, os seus dispositivos e os seus dados.

Na maioria das vezes, o malware é utilizado por cibercriminosos para ganhar dinheiro ilegalmente, seja roubando dados confidenciais de empresas e pessoas para depois vendê-los ou usá-los em transações, ou até mesmo sequestrando informações e exigindo o pagamento de resgate por elas.

É importante saber que o termo malware é amplo. Por exemplo, quando estamos falando de vírus, trojan, spyware e ransomware, estamos falando de diferentes tipos de malware.

Tipos de malware

Listamos os tipos mais comuns de malware. Antes de nos aprofundarmos, só um adendo importante. As pessoas frequentemente nos perguntam qual é o tipo mais perigoso de malware e qual deles pode causar o maior dano.

É difícil dizer pois depende do tipo de informação que você lida e de quais dispositivos foram infectados. O que podemos afirmar é que a maioria dos malwares pode causar muita dor de cabeça e grandes perdas intelectuais e financeiras.

Adware

O adware é um tipo muito comum de malware. Ele é projetado para exibir anúncios na sua tela, geralmente por meio de pop-ups, o que é muito chato. Certo? O principal problema do adware é que ele pode diminuir a força da sua segurança, o que pode facilitar a infecção por outros tipos de malware.

Criptojacking

O criptojacking também é conhecido como minerador malicioso de criptomoeda. Basicamente, ele permite que os invasores usem o seu computador para gerar criptomoedas, como Bitcoin e Monero. Geralmente, o hacker infecta o seu computador com outro tipo de malware primeiro, como um Trojan. Depois acontece a infecção com o cryptojacking.

Keylogger

O keylogger funciona como um banco de dados. O trabalho dele é gravar todas as teclas que você digitou. Depois essa informação é enviada ao hacker, que pode identificar senhas e detalhes do seu cartão de crédito, por exemplo.

Ransomware

O ransomware tem a capacidade de criptografar os seus arquivos ou bloquear os seus dispositivos e sistema. Os hackers, então, exigem um pagamento pela informação que foi sequestrada. Se você já ouviu falar do WannaCry e do Petya, você sabe do que estou falando.

Rootkit

O rootkit é um malware avançado projetado para permitir o controle total do seu computador. Além disso, tem uma característica particular: camuflagem, o que significa que o seu software de segurança e o seu sistema operacional podem não detectá-lo.

Spyware

Spyware é um software espião. Secretamente, depois de infectar o seu dispositivo, ele relatará as suas atividades ao hacker. É muito usado por criminosos que tentam roubar senhas, dados de pagamento e informações confidenciais.

Trojan

O Trojan funciona como uma porta de entrada para invasores, permitindo que eles tenham acesso ao seu sistema. Ele pode ser usado para instalar outros tipos de malware em seu computador, como ransomware, e também para roubar informações importantes, como o login e a senha da sua conta on-line no banco.

Vírus

O vírus é, essencialmente, um malware que se funde com outros programas. A partir disso, ele pode causar danos e modificar outros programas do computador. Uma grande preocupação com os vírus é que eles podem se espalhar rapidamente e de forma incontrolável.

Worms

Os worms foram criados para destruir dados e arquivos. A preocupação é a mesma que acontece com um vírus: eles se auto-reproduzem facilmente e infectam outras máquinas.

Como se proteger contra malware

Os invasores que utilizam malware vão sempre precisar que você execute um arquivo malicioso, seja clicando em um link ou abrindo um anexo infectado. É por isso que, no geral, as infecções causadas por malware estão ligadas a downloads ilegais e ataques de phishing.

Tendo isso em mente, a dica mais importante para proteger você e a sua empresa contra ataques de malware é evitar qualquer coisa que pareça suspeita. Estou falando de e-mails, sites, links e anexos.

Para melhorar a segurança da sua organização, você pode adotar ainda um software de proteção, como um Secure Email Gateway, com mecanismos de antivírus, de antispam e de sandbox. Se você deseja obter uma avaliação de ameaça gratuita para a sua empresa, basta nos informar. Nós estamos aqui para ajudar.